Missão Salva-Vidas – Associação Paulistana

Salva-Vidas AmazôniaBlog das MissõesLeave a Comment

 

MISSÃO - ASSOCIAÇÃO PAULISTANA

de 2 a 10 de agosto - São Sebastião do Rio Cuieiras
 
 
Image

Há alguns meses atrás, recebemos a ligação do Pastor Giovani falando sobre uma casa que estava sendo doada para a Igreja Adventista na comunidade São Sebastião do Rio Cuieiras. A intenção era que se tornasse uma igreja, porém, no momento a instituição não tinha como assumir uma nova igreja neste local e por isso entraram em contato conosco para ver como o Instituto de Missões poderia ajudar.

Image

São Sebastião fica no município de Manaus, há 5 horas de barco do centro da capital amazonense. A comunidade tem quase 200 pessoas e com presença da igreja católica e mais duas denominações evangélicas. Chegamos ao local por meio da irmã Francisca, que nos hospedou e nos apresentou o local. São Sebastião é uma comunidade muito bonita e organizada, mas que já tinha problemas de cidade grande como violência e drogas. Os moradores se sentiam inseguros e havia muita desunião entre eles. Ouvimos de muitos que a maior falta na comunidade era de Deus. Concluímos então que uma missão Salva-Vidas Amazônia com foco em visitas missionárias e evangelismo poderia ser uma porta de entrada para que a esperança em Cristo viesse fazer a diferença ali.

Image

No dia 2 de agosto partimos com um grupo de 27 voluntários da Associação Paulistana, liderados pelo Pr. Felipe Tonasso, cheios de vontade de levar o amor de Cristo para São Sebastião. No primeiro dia, passamos nas comunidades de Araras e Jaraqui para congregarmos com os irmãos locais. Lembro de ter saído daqui preocupada pois não teríamos cadeiras para o evangelismo em São Sebastião e chegando lá teríamos que improvisar. Mas muitas vezes nos esquecemos que esse trabalho é de Deus e ele já tem tudo preparado de antemão, pois logo que chegamos na igrejinha de Jaraqui, havia muitas cadeiras extras empilhadas que a irmã Camila prontamente nos emprestou para levarmos conosco na missão.
No dia seguinte chegamos cedinho em São Sebastião e fomos recebidos com alegria e timidez pelos moradores; mal sabíamos que em pouco tempo se tornariam nossos verdadeiros amigos. Durante o dia, trabalhávamos em 4 frentes de trabalho: atendimentos odontológicos, reforma da casa doada, escola cristã para as crianças e visitas missionárias.
Logo que chegamos, realizamos uma gincana com o intuito de nos integrarmos e começarmos uma amizade com os moradores. Muitos participaram e desfrutamos juntos de momentos muito alegres e divertidos. Foi perfeito para quebrar o gelo.

Image

No meio da semana, bem mais entrosados com todos, promovemos uma feira de saúde que foi um sucesso. Era tão gostoso ver o prazer dos comunitários em receber pela primeira vez na vida uma massagem e o alívio após o aconselhamento no estande da confiança em Deus.
Na parte da noite, fizemos uma série de cultos evangelísticos animados e vibrantes, que desde o começo foram muito bem aceitos, mas que a cada noite pareciam ainda mais cheios! No final da missão ainda tivemos um campeonato de futebol, a paixão unânime de São Sebastião, que uniu a todos, jovens e adultos, em uma atmosfera de brincadeira e amizade.
A casa doada que, depois de uma semana de trabalho estava toda bonita e reformada, passou a ser casa de oração onde os irmãos Adventistas podem se reunir. A presença da missão aqueceu aos corações de todos. Muitos  moradores de São Sebastião, que antes não se interessavam, já estão se reunindo na pequena casa e passaram a estudar a Bíblia. A esperança chegou a essa comunidade e não há nenhum lar sem a palavra de Deus.

Image

Se eu fosse definir essa missão com uma só palavra, essa palavra seria: AMOR. Era possível ver amor em cada uma das ações do grupo e total reciprocidade da comunidade. Pudemos ver a mudança no semblante de cada morador ao longo da semana, e os laços de amizade que se formaram ali com certeza durarão e ainda gerarão mais e mais frutos.



 
 
Image

CLARIANE

Coordenadora de Missões Salva-vidas

 

 
 
Gostou? Quer ter uma experiência como esta? Clique no botão abaixo e venha para a Amazônia ser um voluntário!
QUERO PARTICIPAR
 

Deixe uma resposta