Deus Está Sempre no Comando

Fernando BorgesBlog do Reno & NatáliaLeave a Comment

Eu sou Natália Galvão Marinho Guerra, tenho 30 anos, natural de Brasília, formada em Direito, casada e agora missionária. Eu e meu esposo largamos tudo em nossa cidade, família, amigos, emprego, dinheiro, oportunidades, até mesmo um futuro promissor e fomos dedicar integralmente a vida para a obra de Cristo. Quer melhor futuro do que esse? Para isso, sabíamos da necessidade de estar mais preparados, então Deus nos encaminhou para a Faculdade de Teologia na Bahia. Lá, o meu esposo estudo por 3 anos, até que apareceu uma oportunidade de morarmos fora do Brasil para aprender inglês. Isso era mais uma vez Deus conduzindo e guiando os nossos passos para sua obra.

Nesse período, fomos fazer uma missão no México e para finalizar o nosso ano, fomos para o Panamá. Mas nesse interim, Deus já estava nos comunicando qual seria a próxima missão. No mês de agosto/2014, tínhamos acabado de chegar da missão do México, e com o coração a mil para missão, Deus aproveitou a oportunidade e nos mostrou qual seria o próximo destino. Eu estava no facebook, quando encontrei um vídeo falando do projeto Salva-Vidas Amazônia. Logo chamei o meu esposo e vimos juntos. Enquanto estávamos assistindo, Deus ia trabalhando no nosso coração e confirmando o chamado.

Entramos em contato com o projeto e mostramos o nosso interesse em sermos missionários. Logo entregamos nossas referências, mas a resposta demorou e começamos a orar por uma resposta de Deus. O Reno pediu que no dia 10 de setembro essa resposta chegasse, e como não tínhamos dinheiro para pagar a Escola de Missões, pedimos alguma ajuda para eles e Deus fez muito mais do que imaginávamos. Recebemos a resposta de aceitação para a primeira turma de 2015 e olha o que dizia: “Com alegria queremos informá-los que vocês foram aceitos na Missão 1 por Cristo e na Escola de Missões Salva-Vidas. Vocês receberão a bolsa para realizar o curso preparatório para a Missão.” Uau, Deus é demais. Eu estava muito feliz, ansiosa, também um pouco preocupada com essa ideia, afinal, íamos para a floresta. Eu já pensava nos bichos e dificuldades, mas já estava me acostumando e sonhando com a ideia. No entanto, no mês de outubro/2014, surgiu uma oportunidade para o Reno, meu esposo, ser Pastor de Jovens em uma igreja nos EUA. Logo o meu sonho da Amazônia mudou, ia ser muito mais fácil nos EUA, muito mais legal, eu poderia treinar o meu inglês. Em pouco tempo esqueci, a missão no Amazonas.

Estava quase tudo certo para esta nova missão, quando Deus nos fez lembrar da resposta clara que ele nos deu acerca da Amazônia e começou a dar tudo errado para irmos aos EUA. Com isso, embarcamos dia 03 de fevereiro de 2015 para esse novo sonho de Deus para nós.

Estudamos durante três meses, aprendemos muitas coisas necessárias para nos contextualizar com os ribeirinhos e conseguir prosseguir com o lindo trabalho que essa ONG realiza. Eles realmente nos preparam muito bem. Nos formamos, e no dia 12 de maio de 2015 fomos enviados para as Comunidades de Saracá, Ingleses e Tumbira, localizadas na margem esquerda do Rio Negro. E ali se iniciou o nosso trabalho.

SUPERAÇÃO, essa é a palavra que define minha missão aqui no Amazonas. Hoje, Filipenses 4:13 – “Tudo posso naquele me fortalece”, faz todo sentido na minha vida. Jamais imaginaria fazer tantas coisas, como tenho feito hoje. Eu posso no Senhor superar a cada dia os meus medos de bichos, eu posso no Senhor superar minhas limitações, minha falta de criatividade, meu pensamento pequeno, minha falta de fé, minha falta de paciência, intolerância e muito mais. Hoje eu sei que posso voar com Cristo, posso alcançar lugares e pessoas e fazer coisas que jamais imaginaria em toda minha vida. Eu posso no Senhor, me superar, vencer o meu Eu e viver os planos de Cristo. É muito lindo estar em uma missão que te aproxima mais de Deus, que faz você romper barreiras jamais antes ultrapassadas. Deus precisou me trazer para uma área remota, para me mostrar que Eu posso, que eu verdadeiramente posso todas as coisas nAquele que me fortalece.

Talvez, você se sinta limitado a fazer a obra de Deus, talvez as barreiras pareçam intransponíveis, talvez o medo te paralise, mas eu quero dizer que você só precisa aceitar o chamado e o resto Deus faz você superar. Eu sou formada em Direito, mas para minha comunidade, eu sou Professora de Educação Física, sou professora de Ética Cristã e Cidadania, Professora de Reforço escolar, sou criativa, sou maestra de quatro corais, sou cantora (risos), consultora jurídica e ainda, de vez em quando, me chamam de Pastora. Você quer saber de uma coisa? Eu nunca estudei para tudo isso, mas aproveitei as oportunidades que na vida me surgiram e eu mal sabia que um dia Deus poderia me usar em tantas coisas. Eu simplesmente disse sim à capacitação do Senhor em minha vida. Ainda estou em um longo processo de treinamento, sei que tenho muito mais a aprender.

Não negue o chamado de Deus. Ele deseja pessoas dispostas a dizer sim e dispostas a superar qualquer dificuldade para cumprir a missão. A minha alegria é saber que faço parte desse time que trabalha, se prepara e espera pela volta de Cristo, em saber que sou peregrina nessa terra e que tesouros devo acumular no céu, onde a traça e a ferrugem não corroem. Que a minha vida seja para cumprir a missão designada por Deus e que o Senhor conte sempre comigo para realizar sua grandiosa obra. “Eis-me aqui, envia-me a mim.” Is 6:8.

Deixe uma resposta