Tudo é Vaidade

Fernando BorgesBlog do Reno & NatáliaLeave a Comment

No dia 06 de Dezembro de 2015 encerramos nosso trabalho no interior do Amazonas. Parece que foi ontem que chegamos à comunidade Saracá, localizada às margens do Rio Negro no interior do Amazonas.

Tivemos a oportunidade de servir por 7 meses como missionários nas comunidades Saracá, Santa Helena e Tumbira. Morando nesta casa de 6×4, eu e minha esposa, Natália Guerra, aprendemos que podemos ser felizes com tão pouco! Aprendemos que um lar completo não significa uma casa linda com tudo o que desejamos. Descobrimos que é possível viver bem sem sapatos, roupas sofisticadas, TV, geladeira, cama, ar condicionado, sofá… ou qualquer outra coisa que julgamos tão necessária.

Fico me lembrando dos amigos que recebíamos e que se sentavam no chão com tanta alegria e simplicidade!! Eles não se importavam com o que possuíamos, simplesmente queriam estar conosco. Como alguém disse: “A simplicidade é a sofisticação máxima”. Nesta casinha tão simples, aprendemos grandes complexidades da vida, que não somos o que temos, que as pessoas são mais importantes que as coisas, que não devemos investir todo o nosso tempo para obter coisas e sim para edificar sólidos relacionamentos. Ainda que possuamos todas as coisas, sem relacionamentos significativos, estamos vazios. Mas, se não temos coisa alguma, com relacionamentos profundos, estamos completos.

Guardarei com carinho todas as amizades desenvolvidas, cada história que ajudou a tornar a nossa história mais significativa e a nossa experiência mais completa. Agradeço o privilégio que Deus nos deu de transformar as nossas vidas por meio da missão. A missão simplificou a nossa vida!! Valeu a pena deixar tudo e mergulhar na missão. Certamente a saudade estará sempre presente. Nossa missão no interior do Amazonas terminou, mas a lição é eterna: “Tudo é vaidade”.

Deixe uma resposta